Porto Alegre / RS(51) 3346.9281[email protected]3ª, 4ª e 5ª - Com horário agendado.

Como as Cores Interagem em nossa vida

Post 40 of 71

REAÇÃO FISIOLÓGICA E EMOCIONAL ÀS CORES

    

               As minúsculas partículas de energia eletromagnética que compõem a luz, afetam um ou mais neurotransmissores do cérebro, segundo pesquisa da Academia Alemã de Ciência da Cor e fotobiólogo da Universidade de Alberta no Canadá. Os neurotrasmissores são substâncias químicas que transmitem  de nervo para nervo e de nervo para músculo mensagens. Quando a luz, atinge a retina, ela influencia a síntese da melatonina, que através desta comunicação provoca a síntese  da serotonina, um neurotransmissor que atua no sistema nervoso central, impedindo ou ativando a ação dos neurônios do hipotálamo e sistema límbico, mudando os aspectos emocionais e motivacionais psicológicos e físicos. Isto se dá porque a rede de cones e bastonetes é de alta convergência nos corpos geniculados do sistema límbico, onde entram em conexão com grande proporção de neurônios de outras regiões talâmicas. Antes da interpretação intelectual, a primeira sensação de cor acontece no sistema límbico, que esta intimamente ligado com a vida vegetativa emocional.  A energia interior da cor, isto é, eletromagnética interage com as glândulas hipófise,  pineal e hipotálamo.  Estas glândulas regulam o sistema endócrino e funções dos sistemas nervosos simpático e parassimpático, por exemplo:  o sexo, fome… com isso, o resultado emocional de dor, amor, ódio, têm sua origem no grupo de núcleos que formam o sistema límbico. Devido a tudo isso, a interferência psicológica e fisiológica das cores fazem a diferença.

 

                                 PARTICULARIDADE DE CADA COR

 

Branco – é tido como o símbolo da paz, e representa a pureza e higiene. Sua atuação no sistema nervoso é bastante diferente da paz preconizada. A  cor branca é a superposição de todos os comprimentos de onda, reflete mais nitidamente todos os outros, e por esse motivo atua tão irritantemente como vermelho. Expõe o ser humano a um maior número de estímulos que o cansam em curto espaço de tempo. O branco não é adequado para salas de aula e quartos de repouso, a não ser diluído em um pouco de azul, ou verde, ou ainda acinzentado fosco. O branco brilhante pode impedir o doente de repousar e lhe transmitir intranqüilidade. Provoca a dispersão e o ofuscamento. Os tons azulados em quarto de descanso, ao invés do branco, são bons, pois acalmam, desde que não aja pessoa acamada em estado de depressão. 

 

Tratamento terapêutico através das cores

Neste caso, o branco não é utilizado como uma cor específica para aplicação na área da saúde, já que ele está oculto nas outras cores. Pois todas elas advém do branco.

 

No vestuário

O branco é a cor pai e mãe, pois todas  as outras surgem dela. No vestuário,  simboliza  higiene, transparência, lucidez, leveza…

 

Na casa

Não se usa a cor branca pura na paredes, por ser uma cor extremamente fria. Mesclasse ela com outros tons. Olhe para as paredes de certos hospitais. Tudo branco, porque para eles é a limpeza, higiene que prepondera, esquecendo-se que, para o paciente é uma cor muito fria, que não transmite, aconchego, afeto, esperança. O adequado seria pintar as salas, corredores e quartos de hospitais da cor Verde.

 

Azul

Corresponde as ondas curtas de intensidade fraca, atuando nos neurônios com mais suavidade que outras cores, ajudando no equilíbrio dos mesmos. Porém, está cor não pode ser usada em quartos ou em locais aonde permanecem indivíduos com tendência à depressão. Esta cor também é válida para o Violeta/lilás. Ambas tem a propriedade de agravar os estados depressivos destes pacientes que necessitam da ação estimulante e excitante das cores vermelha, amarela e laranja. 

 

Tratamento terapêutico através das cores

A cor azul é a cor principal num tratamento de saúde, seja ele qual for. Calmante, analgésico, fixador, lubrificante e tantas outrasMuito aplicada em estados de histeria, pressão arterial alta, insônia, dores inexplicáveis que aparecem de repente, e principalmente para baixar o nível de ansiedade.

 

No vestuário

A  cor  azul transmite calma, lembra do céu azulado, o mar a harmonia a nossa volta. Se você se sente muito nervoso, use diariamente uma camisa, camiseta ou blusa  de  cor azul, pois ela veste sua coluna vertebral aonde passam as ramificações nervosas. Com a vibração do azul, acalma o seu nervosismo e lhe transmite segurança e Paz. Agora, se você é uma pessoa tímida, introspectiva, use outras cores que lhe possibilitem uma maior abertura  e coragem emocional. Ouse tons, vermelhos, amarelos, laranjas, rosa, e até a cor cobre, pois além de transmitir-lhes coragem e ousadia, expandem a energia de sua aura, e tornam você uma pessoa mais alegre.

 

Na casa

 Bom mesmo, é pintar a sala de descanso ou sala de meditação  de azul. Após o almoço tirar aquela cesta e relaxar! Agora, se você tem alguém em casa, tipo uma criança hiperativa, aconselho-o a pintar o quarto  de um tom de  azul claro e marinho, com os carpetes cinza em vez do alaranjado, se for o caso. A mudança das cores da decoração provoca diminuição da pressão sistólica de 120 para 100, o ritmo cardíaco torna-se mais equilibrado. As crianças tornam-se mais atentas, menos irritáveis e melhoram o desempenho escolar, diminuindo assim a agressividade. Lembre-se que, o azul é o calmante que você toma comprado em farmácia. Use o azul nestes casos e sinta a diferença.

 

Verde

Cor dos introvertidos, prima do azul…contém a dualidade do impulso ativo e a tendência ao descanso e relaxamento. Cor que fornece proteção e abrigo, assim se configura o temperamento daqueles que o escolhem. A paz do azul está indiretamente contida no verde. O verde é a cor principal de toda natureza e importantíssima em relação à espiritualidade. É a cor do equilíbrio entre a natureza física e o espírito imortal.

 

Tratamento  terapêutico através das cores

Cor muito usada para limpar auras de pessoas aparentemente equilibradas. Isolante de áreas, além de funcionar como um poderoso antiinfeccioso. Tem vibração regeneradora, atua em toda a área do abdome, sobre os órgãos: estômago, pâncreas, vesícula biliar, fígado e intestinos. O verde ainda atua sobre o sistema muscular em casos de tensões, bloqueios de energias, couraças musculares, veias, artérias, vasos, pois tem função dilatadora, sendo muito usada nos problemas circulatórios. O verde é uma cor fria, mas ao mesmo tempo relaxante e calmante. Sua propriedade  química é combater  focos de energias paradas, pois sua ação é antisséptica e aliada  ao azul e violeta, forma o legítimo antiinflamtório. 

 

No vestuário

A cor verde transmite boa saúde, equilíbrio, Fé, esperança. É a cor da natureza  em sua grandeza. Existem vários tons de verde e todos exalam propriedades químicas similares, pois são da mesma família. O verde é a própria  confiabilidade. 

 

Na casa

Paredes pintadas de verde, transmitem energia de cura, bem estar. Imaginem todas as paredes  de sua casa pintadas em um tom de verde de sua preferencia. A suavidade e leveza desta cor, transmite ao ambiente o relaxamento necessário e convidativo para ouvir uma boa música clássica, ler alguns livros que não exijam tanta atenção e fixação mental. Uma casa pintada de verde, é como um jardim  cheio de esperanças e boas novas. A tendência  quando se procura tapetes e guarnições é pelo verde sóbrio, por sua funcionalidade em encobrir pequenas manchas e aparentar limpeza  por mais tempo que as outras cores. Para tecidos de casa (fronhas, lençóis, pano de prato), as exigências no tocante à aparência de limpeza induzem à procura do branco. Atualmente, são bastante difundidos os estampados claros e alegres: rosa, bege, creme e azul. Quanto a cobertores, a preferência é por aqueles em cores quentes e mais escuras, pois tem a finalidade de aquecer.       

 

. Vermelho – Eqüivale a comprimentos de ondas longas, de maior intensidade e atua mais fortemente, excitando. Eleva a pressão arterial, acelera os batimentos cardíacos e, em alguns casos provoca a inquietação, impulsividade. Interfere no sistema nervoso simpático que é responsável pelos estados de alerta, ataque e defesa.

 

Tratamento terapêutico através das cores:

O vermelho na aplicação da saúde é responsável em todo o sistema circulatório, mesclado com a  cor rosa, isto é, como  o vermelho é uma cor demasiadamente  quente, muitas vezes se altera para o rosa que ameniza o impacto de sua força. Muito usado no sistema circulatório de doenças como a AIDS, ANEMIAS, LEUCEMIA, FERIDAS EXPOSTAS, problemas hepáticos e tantos outros.

 

No vestuário: cor da paixão, quente, que abre, chama a atenção. Cor do sangue, da vida, dá energia, disposição, ativa a pessoa, acelera os batimentos cardíacos. Pessoas nervosas deviam evitar está cor, ou então mesclá-la com outras, para que interajam dentro da freqüência vibratória de cada pessoa. Pessoas mais passivas, melancólicas, depressivas, com pressão baixa, é aconselhável usar roupas de cor vermelha.

 

Na casaO vermelho é muito usado  e mesclado com outros tons, em sala de jantar, sala de visitas, por ser uma cor animadora, cheia de vitalidade. Cor que aproxima por ser quente, mostrando um ar de aproximação. É a cor  que desperta a alegria, bom humor, mas também altera a adrenalina de alguns, por isso, é bom mesclá-la com outros tons para  que o vermelho seja mais suave e não agressivo. As cores quente como o vermelho, laranja e um pouco do amarelo, devem ser evitados em móveis e utensílios duráveis usados em decoração de casas (tapetes, cortinas e estofados), pois a longo prazo tendem a cansar e irritar os moradores. Os interiores devem sempre ter tons semelhantes, relaxantes e neutros, onde os toques menores podem ser vistos e contrastantes, como aquelas peças que podem ser trocadas facilmente, sem que seja preciso redecorar o ambiente.

 

AMARELO

Atua nas funções metabólicas e de homeostase  hipotalâmica, despertando  fome e modificando as atividades gástricas.

 

Tratamento terapêutico através das cores:

O amarelo na aplicação da saúde, é uma cor revitalizadora. Fortalece os ossos, a pele e funciona como um adstringente. Tem propriedade terapêutica também no sentido de expelir cálculos (pedras nos rins e vesícula biliar), anemias, auras debilitadas, falta de energia… É a cor que abre, expectora  os brônquios, pulmões  nos estados de pneumonia e gripes freqüentes, e outras funções mais.

 

Se você quer emagrecer evite ambientes que sejam pintados de vermelho, e amarelo. O amarelo desperta a fome, enquanto o vermelho excita para que comas rápido, dificultando com isso, uma refeição com harmonia e uma boa digestão.

 

No vestuário

Cor  que expande, põe para cima. Cor da vitalidade, criatividade, do sol, da vida. Ela é prima do vermelho.

 

Na casa

Desperta a luz que existe no ambiente. Muito usado em ambientes, como os quartos, onde existe pessoas que sofrem de depressão. Outro exemplo bom é  usar a cor amarela em ambientes (paredes, abajures, lâmpadas)  em salas de estudo, pois a cor  amarela ativa a glândula hipófise favorecendo assim, uma boa assimilação do conteúdo a ser estudado. Evite lâmpadas fluorescentes, pois elas inibem a função da glândula pineal e hipófise. A cor amarela é muito usada  em lâmpadas para repelir insetos em casas de campo, campings, etc…os adornos de cor amarela despertam a vivacidade do ambiente, energia e força.

 

Laranja

É a cor mais densa (quente) de todas as cores. É um pouco mais fraca  que o vermelho e um pouco mais forte que o Amarelo. A parte mais interessante da cor laranja é que ela tem propriedade química de eliminar  gorduras. 

 

Tratamento terapêutico através das cores 

Sua ação é eficaz em casos agudos de fraqueza óssea, artrose, fissuras, e sobre fraturas. Funciona também como energizador muscular em pacientes com traumatismo. Devido a sua densidade, a cor laranja, para ser aplicada em determinadas áreas do corpo físico, deve ser precedida primeiramente da cor amarela que aplicada algumas vezes (3 a 4x), criará a resistência necessária para que o laranja chegue e cumpra a sua função vitalizadora. Outra função da maior importância, que exerce a cor laranja é a de eliminadora de gorduras quando aplicada na corrente sangüínea e em casos de colesterol alto.

Sua potência de vibração é principalmente dirigida em casos específicos de certos vírus.

 

No vestuário

A cor laranja é como o sol batendo à sua janela em dia de inverno. É uma cor  que aquece e, muito alegre.  Saiba usar a cor laranja em ocasiões que se sinta debilitada  emocionalmente, pois ela te põe para cima te transmitindo energia  e disposição.

 

Na casa

Cor que  abre, muito usada em quadros com molduras escuras e paredes claras, abrindo e expandindo o ambiente. As cortinas nesse  tom entre amarelo e laranja expandem o ambiente da casa parecendo que os cômodos sejam maiores. Mas, lembre-se, ela é uma cor quente e se não for mesclada  com outras poderá saturar em pouco tempo o ambiente.

 

Violeta/lilás

O lilás substitui o violeta do espectro solar. É muito conhecida  como a  cor da Transmutação.

 

Tratamento terapêutico através das cores

A cor lilás é conhecida na área da saúde como a  cor da transmutação/paralisação das  infecções. A importância da sua função destaca-se pela atividade  de sua vibração em todos os tratamentos físicos, internos ou externos, de caráter inflamatório ou infeccioso. O Verde e o Azul são sempre os seus grandes companheiros nos tratamentos.

Um modesto corte ou uma grande infecção, terá sempre na cor lilás uma presença constante, pela ação saneadora, através da sua força vibratória. Devido à potência e a profundidade da sua vibração, o lilás é usado com alguns  cuidados, particularmente, na área da cabeça, onde normalmente, não deve ser permitida que sua luz passe da altura do lóbulo da orelha, a não ser em casos em que haja absoluto controle e consciência do aplicador.

Sua aplicação, deve ser sempre seguida do azul, cuja função nessa  colocação é de fixador. Nesse caso, o azul além de fixar o lilás remove os excessos havidos, de tempo e da distância da aplicação. Pela sua imensa importância o lilás associado com o verde, e o azul  funciona  como o  verdadeiro antibiótico que num futuro bem próximo substituirá os antibióticos tradicionais comprados em farmácias.    

 

No vestuário

O violeta/lilás funciona  como a cor da espiritualidade. Cor que transmuta tudo o que é negativo. Ela jamais funcionará  como cor relaxante e calmante, pois é fria e quente ao mesmo tempo. Tem semelhança com a família da cor vermelha. Conforme seu tom, deixa  a pessoa em estado agitado, mas se ela for muito introvertida, provavelmente sua química alterará o  comportamento de quem a usa, possibilitando ser  mais extrovertida. Não aconselho esta  cor para os ansiosos e nervosos.

 

Na casa

No ambiente da casa, em paredes, poltronas, almofadas em tons mais violáceos,  transmite uma energia de que a casa está em conexão com a espiritualidade, pois sua função é de ser transmutadora de energias ocultas, principalmente  em ambientes  aonde circulam muitas pessoas e animais como o gato.

 

Rosa

Cor semelhante  ao vermelho, chamada  cor do amor, do coração só que com uma profundidade maior. Amor no sentido tridimensional, incondicional, fraterno…

 

Tratamento  terapêutico  através das cores

No tratamento pela cromoterapia, a cor rosa, substitui muitas vezes o vermelho, por ser menos agressiva. Muito usada em casos de pressão arterial baixa, associada  com o verde ou azul. Problemas circulatórios. A  cor rosa, associada ao verde e azul entra como o eqüilibrador dos sistemas nervosos, aplicado na coluna vertebral. Esta cor também é aceleradora, ativadora, queimadora de gorduras, desobstruidora, cauterizadora e eliminadora de impurezas.

 

No vestuário

A cor rosa é a cor da manifestação maior do amor. O amor singelo, fraterno, puro. Geralmente as mães vestem suas meninas com essa cor, pois é chamada as cores da menina, assim como, o azul é chamado a cor dos meninos.

 

Na casa

A cor rosa claro  e azul claro é muito usada em ambientes de quartos de crianças, e bebês recém nascidos.

 

Índigo

Ë da família do azul. Tem função calmante.

 

Tratamento terapêutico através das cores

O índigo funciona  como coagulante, atua exclusivamente na circulação sangüínea. Muito aplicado em ferimentos sobre as artérias, veias e vasos e também em rupturas  de bolsas gestantes, quando existe sangramento, o índigo tem sido o mensageiro do alívio e do socorro com a sua maravilhosa vibração. 

 

No vestuário

A cor índigo  transmite calma, leveza, bem estar, paz de espírito

 

Na casa

Tem função semelhante que o azul. O azul e índigo, pode ser usado em salas de ambientes que exijam silêncio, tipo bibliotecas, quartos de dormir, pois as tonalidades do azul e do índigo acalmam, induzem à meditação, e dependendo da saturação mínima, levam ao sono. Bom para aqueles que sofrem de insônia, deixar uma lâmpada acessa  na cabeceira da cama (azul ou índigo) durante á noite.  

 

Marron

Contém o negativismo do preto e a violência e impulsividade do vermelho. É a cor da resistência psicológica, da persistência daqueles que nunca abandonam um caminho traçado, mesmo que muitos possam sucumbir e o próprio sujeito se exaurir. 

 

Tratamento terapêutico através das cores

Ela não tem utilidade na aplicação da cromoterapia na área da saúde.

 

No vestuário

Induz a pessoa a ter uma personalidade própria e forte, levando muitas vezes a agressividade e ao mesmo tempo transmite perseverança, força e resistência interior. É também chamada a cor da justiça. A cor marron sugere apego  ao convencional e à tradição ao passado.

 

Na casa

Muito usada em molduras e móveis, tipo cômodas, armários, prateleiras, quando em  cômodos pintados de cor clara, como o bege, amarelo  bebê, destacam e dão espaço  ao ambiente. Mas vá com cuidado  ao pintar algo em seu ambiente com esta cor, pois ela é da família do preto.

 

Preto

É a ausência de luz e corresponde a buscar as sombras e a escuridão. É a cor da vida  interior sombria e depressiva. Significa fechar a porta às cores,  ao mundo e às pessoas. Associa-se a esfera dos conflitos psicológicos e à introversão doentia. O indivíduo não vê atrativos emocionais no mundo exterior  e se refugia como protesto. Denota insatisfações com situações existentes, inibições e bloqueios na esfera afetiva e profissional, bem como sentimentos de inferioridade e incapacidade de lutar contra as circunstâncias adversas. O negativismo desta cor pode ser contrabalanceado com a escolha e combinação de outras cores que podem ser o indício da recuperação psicológica.  

 

Tratamento terapêutico através das cores

A cor preta não entra na aplicação da saúde, pois não tem finalidade alguma.

 

No vestuário

O preto é a cor  que disfarça a gordura  localizada. É uma cor  que oculta os defeitos físicos, bem  como, modela a silhueta.  O único inconveniente no vestuário é que a cor preta bloqueia a entrada da energia solar a pele e ao organismo. É uma cor quente, uma cor que oculta a beleza interior de cada pessoa. O preto ainda tem conotação com o luto interior, como cada um se sente, é só uma questão de observação.

 

Na casa

Cor que quase na sua totalidade pouco existe sozinha, pois sempre vem acompanhada  de cores abertas e alegres. Não deixemos o preto sozinho, pois ele por natureza já é triste e solitário.

 

Vânia Maria Abatte – Cromoterapeuta – CRT 34.720

Este artigo foi exibido no Programa Vida e Saúde da RBS TV, em fevereiro de  2003

Menu