Porto Alegre / RS(51) 3346.9281falecom@auralandell.com.br3ª, 4ª e 5ª - Com horário agendado.

HOMOCISTEINA – que bicho é esse?

Post 2 of 69

O que é homocisteína?
É um aminoácido presente no sangue de indivíduos saudáveis.

Onde encontramos ou quais as fontes de homocisteína?
Pouca ou nenhuma homocisteína é encontrada nos alimentos, mas a ingestão do aminoácido metionina (presente, principalmente, nos alimentos de origem animal) pode se transformar em homocisteína no organismo.

Por que a homocisteína é considerada um fator de risco cardiovascular?
Devido a alguns desequilíbrios do organismo, a homocisteína pode se acumular no sangue e favorecer a formação de trombos (acúmulo de sangue) e placas de gorduras (ateromas) nos vasos sanguíneos, contribuindo, assim, para o aparecimento de doenças coronarianas e cerebrais.

Quais os fatores que influenciam o aumento da homocisteína no sangue?
Erros do metabolismo: deficiência de enzimas
Hábitos de vida: tabagismo, sedentarismo, consumo excessivo de álcool
Indivíduos com idade superior a 60 anos, sexo masculino e mulheres na menopausa
Algumas doenças associadas: diminuição da função renal, obesidade, hipertensão arterial, aumento do colesterol no sangue
Baixa ingestão de vitaminas B6, B12 e ácido fólico. Esse fator se caracteriza por ser a principal causa do aumento da homocisteína no sangue.

Quais as principais fontes das vitaminas B6, B12 e ácido fólico?

  • Vísceras: fígado de boi e de galinha
  • Carnes
  • Ovos
  • Leite e derivados
  • Cereais integrais: aveia, farelo de trigo, germe de trigo, levedo de cerveja
  • Frutas, principalmente as cítricas e banana
  • Vegetais verde-escuros: brócolis, escarola, espinafre, couve
  • Batata.

Quais os valores de referência para homocisteína?
Os níveis de referência de homocisteína para população saudável variam de 5 a 15 umol/L (micromol por litro), com níveis desejáveis de até 10 umol/L.

Dicas para controlar ou prevenir o aumento da homocisteína no sangue?

  • Aumentar o consumo de alimentos ricos em vitaminas B6, B12 e ácido fólico
  • Praticar regularmente de atividade física
  • Abandonar o hábito de fumar
  • Diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas
  • Controlar e/ou reduzir o peso corporal
  • Controlar a pressão arterial
  • Evitar o consumo excessivo de alimentos gordurosos.
  • Retirado do site: www.ameocoração.com.br

Menu