Porto Alegre / RS(51) 3346.9281falecom@auralandell.com.br3ª, 4ª e 5ª - Com horário agendado.

MLM – MOVIMENTO LANDELL DE MOURA

Post 3 of 69

J&C Edição 975 19 a 25 de novembro de 2014.

MLM – MOVIMENTO LANDELL DE MOURA

 

 

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, deverá sancionar até o final do mês a lei que obriga o ensino da vida e obra do padre Roberto Landell de Moura, brasileiro inventor do rádio, nas escolas municipais da capital gaúcha. A Lei, fruto de projeto do vereador João Carlos Nedel (PP), foi aprovada pela Câmara Municipal em 27 de outubro. A sanção implica dizer que em 2015 Landell passará a ser matéria didática naquelas escolas e que Porto Alegre

dará o exemplo para todo o País.

Sobre essa lei e a expectativa da sanção, o vereador mandou a

J&Cia a seguinte mensagem:

“Com muita alegria para mim, foi aprovado, no dia 27 de outubro, na Câmara Municipal de Porto Alegre, o projeto de minha autoria que torna obrigatória a inclusão de conteúdo sobre a História Científica do padre Roberto Landell de Moura nas disciplinas de História, Ciências e Língua Portuguesa, ministradas nas escolas da rede municipal de Porto Alegre.

Entendo que não pode haver dúvidas quanto à importância dessa inclusão para a cultura da cidade, de vez que o padre-cientista Roberto

Landell de Moura, gaúcho e porto-alegrense, pioneiro das Telecomunicações no Brasil, por incrível que pareça, não tem ainda seu mérito inteiramente reconhecido sequer aqui mesmo em sua terra natal.

E é preciso que a cidade de Porto Alegre promova ações que visem

a dar-lhe, em todos planos, o destaque que lhe é devido, passados

153 anos de seu nascimento.

Segundo acredito, um dos melhores meios de fazer o registro permanente da vida e da importância de Landell de Moura para a ciência mundial e a história de nossa cidade é, precisamente, fazer com que as novas gerações de estudantes possam ter sobre ele os conhecimentos necessários, hauridos já no início de sua formação, em escolas da rede pública de Porto Alegre.

Reconhecer o mérito do padre Landell é tarefa simples, ainda mais se considerarmos que desenvolveu tudo sozinho.

Acredito que a sanção do prefeito Fortunati ao projeto é certa, pois

vem preencher uma lacuna no ensino das disciplinas de História, Ciências e Língua Portuguesa, ministradas nas escolas de nossa rede

municipal.”

 

n A propósito de rádio, o Ibope Media divulgou na semana passada

em infográfico os hábitos de consumo do meio entre os brasileiros.

De acordo com o Target Group Index, o rádio alcança 90% da população

brasileira, sendo que 70% do universo pesquisado o utiliza

como forma de entretenimento. Nesse sentido, destaque para música

sertaneja, ritmo preferido da população (50%), seguido pela MPB

(41%). O consumo médio de rádio entre os brasileiros é de 3 horas e

51 minutos e o horário de maior alcance do meio é às 10h. Os dados

foram coletados de julho de 2012 a agosto de 2013.

1 comment:

Ivanês Lopes18 de dezembro de 2014 at 19:48Reply

Parabenizo o Exmº Sr. Prefeito de Porto Alegre, RS, José Fortunati, e o Vereador João Carlos Nadel e demais Vereadores da Câmara Municipal de Porto Alegre, pela aprovação do Projeto de Lei que torna obrigatório o ensino da vida e obra do Padre Roberto Landell de Moura, nas escolas públicas dessa capital.

Com votos de estima e consideração,

Ivanês Lopes.
Terapeuta Holístico.
Licenciado em Ciências da Religião
pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Menu